Sexta, 18 de Setembro de 2020
67 9936-9316 ou 67 99629-9767
Esportes ESPORTE

O combinado caro: Atlético-MG passa de R$ 100 milhões gastos com reforços na

Goleiro Éverson foi o nono jogador contratado pelo Galo desde a chegada do treinador, sem contar a compra de Nathan, avalizada pelo argentino

11/09/2020 09h53 Atualizada há 1 semana
Por: CAMPO GRANDE Fonte: G1
©DIVULGAÇÃO
©DIVULGAÇÃO

"O combinado não sai caro". Diz o ditado popular, no sentido do que é acertado previamente não pode ser reclamado depois. E há lógica. Em alguns casos, porém, o combinado é, literalmente, caro. É o caso da relação entre Sampaoli (e suas exigências) e o Atlético-MG.

Nesse caso, o "caro" já ultrapassou a marca de R$ 100 milhões. O Galo rompeu essa marca de gastos com contratações desde a chegada do treinador argentino (veja a lista abaixo), que só assinou mediante a promessa de que o elenco seria significativamente reforçado. Foram, até aqui, nove atletas contratados, além da compra de Nathan, que já estava no clube, por empréstimo, e foi adquirido em definitivo - com o aval do treinador.

 

Contratações do Atlético na era Sampaoli

Jogador Clube de origem Modelo de negócio Valor Validade de contrato
Léo Sena Goiás Compra R$ 4 milhões Junho de 2025
Alan Franco Independiente del Valle Compra R$ 12,8 milhões Junho de 2024
Keno Pyramids Compra R$ 12 milhões Dezembro de 2023
Marrony Vasco Compra R$ 20 milhões Junho de 2025
Bueno Kashima Antlers Empréstimo R$ 1,5 milhão Junho de 2021
Nathan Chelsea Compra R$ 17,9 milhões Junho de 2024
Junior Alonso Lille Compra R$ 17,9 milhões Junho de 2024
Mariano Estava livre Estava livre Sem custo Dezembro de 2022
Eduardo Sasha Santos Compra R$ 10 milhões Julho de 2024
Everson Santos Compra R$ 6 milhões Dezembro de 2022
TOTAL     R$ 102,1 milhões  

A somatória dos gastos com os reforços já chega a R$ 102,1 milhões. Vale lembrar que isso não significa que todo esse valor será despedindo pelo clube em 2020, já que grande parte das compras foi feita de forma parcelada. A cifra total, por outro lado, não contabiliza os gastos salariais, com direitos de imagem e luvas contratuais.

Vale destacar, também, que o Galo teve, na maioria das negociações, o aporte financeiro de Rubens Menin, conselheiro/patrocinador/apoiador do clube. Sem ele, o clube não teria de onde tirar dinheiro para atender aos anseios de Jorge Sampaoli. Menin garante que os empréstimos são feitos sem garantia e sem cobrança de juros ou correção monetária.

Para arcar com os vencimentos dos novos jogadores, o Atlético também tem trabalhado em sentido contrário: o de saídas, abrindo espaço na folha salarial. O clube já liberou mais de 10 jogadores desde que Sampaoli chegou, entre eles atletas experientes, que tinham salários altos, caso de Patric, Ricardo Oliveira, Franco di Santo e Otero.

 

O Galo investe pesado no time com o objetivo de brigar pelo título do Brasileirão. Sérgio Sette Câmara, que está no último ano de seu primeiro mandato como presidente, garantiu que novos reforços chegarão.

O Atlético tem dívidas altíssimas, convive com atrasos salariais e, assim como todos os clubes brasileiros, teve uma queda brusca nas receitas em função da pandemia do novo coronavírus. Mesmo diante do cenário complicado, deposita as fichas no sucesso dentro de campo, na expectativa que ele pague as contas e, a médio e longo prazo, faça com que o clube seja cada vez mais saudável e sustentável.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campo Grande - MS
Atualizado às 15h58 - Fonte: Climatempo
32°
Tempo aberto

Mín. 21° Máx. 36°

31° Sensação
9 km/h Vento
32% Umidade do ar
67% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (19/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (20/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva