Sábado, 27 de Novembro de 2021
26°

Nuvens esparsas

Campo Grande - MS

Cidades ECONOMIA

Fábio Trad defende reajuste salarial e aposentadoria de agentes comunitários

O parlamentar integra a Frente Parlamentar e luta pela valorização da categoria

25/11/2021 às 12h26
Por: Campo Grande Fonte: ASSECOM
Compartilhe:
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

O deputado federal Fábio Trad (PSD-MS) mais uma vez reforçou sua posição favorável aos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias e disse que votará para derrubar o veto do Governo que impede o reajuste do piso salarial da categoria.

 

A proposta aprovada por deputados e senadores fixava a remuneração em R$ 1.250 a partir de 2019. Os agentes receberiam R$ 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021. A partir de 2022, o piso seria reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O piso atual é R$ 1.014,00.

 

De acordo com Trad, a tendência é que os parlamentares se posicionem favoravelmente à MP e derrubem o veto do governo. "A matéria já havia sido aprovada de forma unânime tanto no Congresso quanto no Senado, portanto cabe agora aos deputados e senadores ratificarem o voto", disse o parlamentar, que integra a Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias.

 

O deputado também defende a aprovação da PEC que garante aos agentes aposentadoria após 25 anos de trabalho na sua atividade, recebendo o mesmo valor do agente que estiver na ativa. A proposta estabelece a aposentadoria especial exclusiva e fixa a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários