Sábado, 25 de Junho de 2022
19°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Política POLITICA

5ª fábrica de celulose em MS é de grupo chileno e terá R$ 15 bi em investimento

.

23/06/2022 às 18h46
Por: Campo Grande Fonte: ASSECOM
Compartilhe:
DIVILGACÃO
DIVILGACÃO

Mato Grosso do Sul vai receber a sua quinta planta de celulose e outros produtos de base de madeira. Uma das principais empresas madeireiras da América Latina, a Arauco anunciou a instalação de uma nova fábrica no município de Inocência.

O anúncio foi feito hoje pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja nesta quarta-feira, dia 22, junto com a diretoria do grupo chileno durante evento de lançamento oficial do Plano Estadual de Florestas Plantadas (Profloresta) da Semagro.

O governador fez questão de enaltecer o trabalho realizado na sua gestão, para organizar o Estado, que agora permite que grandes investidores venham para cá.

O grupo chileno já possui áreas de eucalipto plantadas no município para suprir a demanda do projeto. O investimento estimado é de R$ 15 bilhões, beneficiando 14.300 famílias com geração de 12 mil empregos no pico da construção e 250 empregos diretos e 300 indiretos quando entrar em operação, além de 1,8 mil empregos permanentes na parte florestal.

O secretário Jaime Verruck (Semagro) destacou a transformação provocada pela vinda de gigantes do setor da celulose. Segundo ele uma transformação sustentável.

Mato Grosso do Sul conta atualmente com três fábricas de celulose instaladas e em operação no município de Três Lagoas: uma da Eldorado Brasil, com capacidade de produção de 1,8 milhão de toneladas de celulose por ano; duas da Suzano, que produzem 3,25 milhões de toneladas por ano. A Suzano iniciou a construção de mais uma fábrica no Estado, em Ribas do Rio Pardo, que será a maior planta industrial de celulose do mundo, produzindo 2,55 milhões toneladas/ano.

 

Katiuscia Fernandes - Subcom

Foto: Chico Ribeiro

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários